Matriz – Provas de admissão e Entrevista – Cursos Profissionais

Provas de admissão e Entrevista

Cursos Profissionais de Intérprete/Ator/Atriz | Instrumentista de Cordas e de Tecla | Instrumentista de Jazz | Instrumentista de Sopro e de Percussão

Matriz Geral

Enquadramento da Prova

Para efeitos de constituição de turmas os candidatos deverão realizar uma entrevista e uma prova de admissão, de caráter acessível e generalista para aferir o grau de sensibilidade artística (interpretativa/musical), não sendo obrigatório o candidato possuir quaisquer conhecimentos relacionados com o teatro ou com a música. Tanto a Prova como a Entrevista terão um peso de 50% cada uma.

 

Para os candidatos aos cursos profissionais de Instrumentista:

Prova de Aptidão musical (50%) — terá como objetivo avaliar as aptidões requeridas para a aprendizagem de música no contexto do ensino artístico especializado.

 

Conteúdos

Competências a avaliar

Pontuação

Exercício rítmico Compreensão e produção de células rítmica

 

30%

Exercício melódico Compreensão e reprodução de uma melódica

 

40%

Exercício de audição: melódico Identificação do movimento dos sons

 

 

30%

Total=100%

 

Entrevista (50%) — permitirá identificar a motivação do candidato para a aprendizagem musical no contexto do ensino artístico especializado e, ainda, esclarecer o aluno e o respetivo Encarregado de Educação sobre a especificidade da aprendizagem de música no contexto do Curso Profissional para o qual se candidata.

 

Para os candidatos ao curso profissional de Intérprete/Ator/Atriz:

Prova de Aptidão Interpretativa (50%) — terá como objetivo avaliar as capacidades interpretativas do/a candidato/a.

 

Conteúdos

Competências a avaliar

Pontuação

Exercício de Leitura Compreensão textual;

30%

Exercício Interpretativo Capacidades vocais e emocionais

40%

Exercício de Movimento Capacidades físicas

30%

                                              Total = 100%

 

Entrevista (50%) — permitirá identificar a motivação do candidato perante o curso supracitado e, ainda, esclarecer o aluno e o respetivo Encarregado de Educação sobre a especificidade da aprendizagem da música no contexto do Curso Profissional para o qual se candidata;

 

Observações

  1. A classificação das provas será expressa em percentagem
  2. A abertura da(s) turma(s) está condicionada a um número mínimo de alunos e a aprovação da DGESTE

 

Texto a ler e Interpretar pelos alunos (Intérprete Ator/ Atriz):

«Sempre Acreditei que a Claridade é a Gentileza do Filósofo», de Abel Neves

(Ele tem na mão uma pequena lanterna a pilhas, desligada.)

ELE – Os pintores, por exemplo. Chegam, riscam uma tela, uma parede, pintam e desaparecem. Os músicos…escutam, fabricam sons e ala com eles não se sabe para onde. Os filósofos…certos poetas, compõem umas palavras, dizem-nas e vão-se também. Breve silêncio. O filósofo Ortega y Gasset disse um dia: Sempre acreditei que  a claridade é a gentileza do filósofo. Breve silêncio. Tenho andado em volta da frase porque há nela uma luz qualquer e tudo seria talvez mais fácil se eu fosse borboleta mas não sou, limito-me a exercer a minha profissão, a almoçar com os meus colegas do trabalho, e a jantar numa tasquinha perto de casa. Sei que habito neste mundo e não noutros, isto sei. Breve silêncio. Estava o livro pousado sobre o parapeito da janela, peguei nele como quem pega numa tigela de marmelada e olhei-o dentro, umas páginas, e outras, e de repente a frase. Foi para mim uma espécie de pico mais alto numa cordilheira rendilhada. Li mais à frente e mais atrás. Meti a frase na cabeça.

 

Exercício de Movimento: O candidato realizará movimentos ritmados, com música, em que terá de demonstrar: ritmo, desinibição física, tonicidade muscular e leveza de movimentos.